Pedido de Música

Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

EXCLUSIVO: Marcelo D2 e Sain preparam show inédito e único para o Rap In Cena Budweiser, em Porto Alegre - SELIGANAMUSICA®

EXCLUSIVO: Marcelo D2 e Sain preparam show inédito e único para o Rap In Cena Budweiser, em Porto Alegre

Em homenagem aos 50 anos de Hip Hop, o evento também ganha Palco Anos 90. Já são mais de 35 mil pessoas confirmadas para essa grande festa.

A 9ª edição ainda anuncia a estreia da Vila Olímpica, arena destinada às atrações esportivas e culturais.

Rap In Cena Budweiser acaba de anunciar um show inédito. Marcelo D2 e Sain retornam aos palcos em uma apresentação única que promete ser histórica. Pai e filho chegam a 9ª edição do evento – que acontece no Parque Maurício Sirotsky Sobrinho, em Porto Alegre, nos dias 28 e 29 de outubro – no domingo.

O show de D2 e Sain está sendo pensado especialmente para o Rap In Cena Budweiser. Sendo a primeira e única apresentação – pelo menos por um bom período. Tanto pai quanto filho acabam de lançar álbuns solos, então ambos estarão em turnê dos discos “IBORU” e “KTT ZOO”, respectivamente. De forma, que o festival gaúcho, além das mais de 60 atrações e diversas ativações confirmadas, traz esse presente para o público da edição que marca o cinquentenário do hip hop.

“Não nos apresentamos juntos desde o ano passado. E nos shows que já dividimos o palco, o Sain cantava sons do meu repertório. Esse show agora é totalmente diferente com músicas do repertório dos dois”, explica Marcelo D2.

Um spoiler? O setlist ainda não está 100% pronto, mas o público pode aguardar por sucessos como “Desabafo”, “Demanda” e “Rosas e Rimas”.

Marcelo D2 dispensa apresentações. Músico, compositor, rapper, diretor de cinema, pai e avô. Aos 55 anos de idade, 25 de carreira, o idealizador do Planet Hemp tem aquele espírito criativo inquieto que está sempre em busca do novo, do diferente, do fazer arte. E assim, segue escrevendo sua história como uma das figuras mais emblemáticas da música brasileira contemporânea. Cria do Andaraí de alma cosmopolita, D2 tem o discurso afiado como poucos. A filosofia das ruas, a cultura do skate e uma capacidade única de absorver influências e produzir releituras extremamente singulares e pessoais dão o tom ao artista que inovou ao misturar rap com samba.

D2 já levou seu som para 28 países em cinco continentes, ocupando os palcos mais simbólicos da história da música e se apresentando nos festivais mais importantes do mundo. Seus 17 álbuns – cinco com o Planet Hemp e doze em carreira solo – acumulam prêmios. Três Discos de Ouro – A Invasão do Sagaz Homem Fumaça (2000), MTV Ao Vivo: Planet Hemp (2001) e Marcelo D2 – Acústico MTV (2004), sendo este último conquistado em apenas uma semana de vendas. Soma ainda nove VMBs, quatro prêmios Multishow de Música, três prêmios TIM de Música, dois prêmios APCA e um prêmio SIM. Sem falar nas indicações ao Grammy com “A Invasão do Sagaz Homem Fumaça” (2000) e “Assim Tocam os MEUS TAMBORES” (2021). Nas plataformas digitais, sua discografia solo ultrapassa os 350 milhões de streams.

Com mais de 53 milhões de streams em suas músicas nas plataformas digitais, sendo mais de 617 mil ouvintes mensais só no Spotify, Sain se prepara para lançar o álbum “KTT Zoo” dia 07 de julho. Ele que é beatmaker e versador de rimas lapidadas, também conhecido como o Mr. Slow Flow do rap nacional, cresceu rodeado de arte, sonoridades, shows e estúdios.

Aos 11 anos já participava de sua primeira gravação com o pai, Marcelo D2. Criador do grupo Start Rap em 2007 – com os amigos Farouk Barem e Shock o Qxó – e do selo Pirâmide Perdida, em 2015, ao lado de El Lif Beats e Akira Presidente, Sain lançou seu primeiro trabalho solo em 2017, “Doses de Adrenalina”. Desde então, tem se destacado no cenário nacional e internacional, recebendo o reconhecimento de veículos especializados, prêmios e realizando turnês por todo o país, além de shows pela Europa, Oceania e Estados Unidos. Em 2022, ainda estreou na TV, protagonizando a série “Amar É Para os Fortes”, uma produção da Amazon, que é um desdobramento da obra transmídia homônima, criada por D2 em 2018.

Rap In Cena Budweiser também ganha Palco Anos 90

Além do destaque do show de Marcelo D2 e Sain no Rap In Cena Budweiser, o domingo (29/10) ainda contará com uma grande novidade: o Palco Anos 90. Com curadoria de Celso Polêmica, o stage recebe consagrados nomes da história do hip hop nacional em uma grande homenagem ao cinquentenário do hip hop no mundo e aos quarenta anos dessa cultura no Brasil.

Já estão confirmados nomes como NDeenaldinho, Thaíde, Pepeu, Afro-x, Revolução RS, Jacksom, Motel, Attack Frontal, Galo Cinzento, DJ Nezzo, GêPowers, Di PIA,  EDINHO DK, DJ LUISNHO, Branco RP3, Comando Preto, LaBellaMafia e as Anastácias Zhamp. Além deles, aquele grafite ao vivo com o artista NIGGAZ, além de Primo Preto e Celso Polêmica como mestres de cerimônia do palco.

“Em um momento tão marcante para a nossa cultura no mundo, nada mais justo que ter um palco dedicado a quem pavimentou o hip hop aqui no sul e no Brasil como uma grande homenagem e respeito. É um palco que chega com o intuito de reforçar todas os movimentos que o Rap In Cena faz desde sua primeira edição para fortalecer realmente o rap nacional e quem ajudou a construir isso tudo desde o começo, pois sem eles não existiria o Rap In Cena, nem rap nacional”, explica Keni Martins, idealizador e sócio do Rap In Cena.

O lançamento do Palco Anos 90 contou com uma  grande celebração em Porto Alegre. Na ocasião, KL JAY recebeu nomes como Nitro Di, DJ Micha, DJ Pia, DJ Edinho, COCOA MAMI e Saulit.

Rap In Cena Budweiser terá três palcos por dia de evento, além das atrações da inédita Vila Olímpica

Durante os dias 28 e 29 de outubro, o Parque Harmonia contará com a maior estrutura já oferecida pelo maior festival de hip hop do Brasil. O Rap In Cena Budweiser, além de contar com três palcos tanto no sábado quanto no domingo, ainda apresenta a Vila Olímpica, arena com atrações esportivas e culturais.

Com mais de 35 mil ingressos já vendidos, o Rap In Cena Budweiser já confirmou o line up completo que pode ser conferido no site oficial do festival. Entre eles: Azzy, Bin, BK, Bivolt, Borges, Chefin, Cristal, COCOA MAMI, Cynthia Luz, Da Guedes, Djonga, Drika Barbosa, Filipe Ret, Hungria, Hyperanhas, Iza Sabino, Kayblack, L7nnon, Major RD, MC Cabelinho, MC Daniel, MC Hariel, MC Ryan SP, Marcelo D2 & Sain, Marechal, Negra Jaque, Negra Li, Orochi, Oruam, PH Original, Poze do Rodo, Raffa Moreira, Racionais MC´s, UCLÃ, Veigh, Vulgo FK, Saulit, Sidoka, TokyoDK, Yunk Vino e WIU.

Palco World Budweiser – sábado e domingo

Para receber as mais de 70 atrações nacionais que estão entre os maiores nomes do rap nacional da atualidade, o Palco World Budweiser. O stage receberá as atrações tanto no sábado quanto no domingo.

Palco Bronx – sábado

O Palco Bronx, pelo segundo ano consecutivo, chega com a proposta de dar continuidade a uma série de ações promovidas pelo coletivo gaúcho que incentiva a reflexão sobre negritude e representatividade. Criado em 2016, o Bronx realiza festas e eventos em diferentes locações do centro de Porto Alegre, reforçando o debate sobre liberdade corporal, estética negra, empoderamento e resistência.

Palco Anos 90 – domingo

Além do destaque do show de Marcelo D2 e Sain no Rap In Cena Budweiser, o domingo (29/10) ainda contará com uma grande novidade: o Palco Anos 90. Com curadoria de Celso Polêmica, o stage recebe consagrados nomes da história do hip hop nacional em uma grande homenagem ao cinquentenário do hip hop no mundo e aos quarenta anos dessa cultura no Brasil.

Palco Baile do Saulit – sábado

Outro palco que promete marcar a 9ª edição do Rap In Cena Festival é o Baile do Saulit. Neste palco, a curadoria ficará sob a responsabilidade de um dos nomes que é referência na cena de DJs da capital por sua atuação artística e como produtor de eventos. Saulit, que também é DJ residente do RIC e esteve presente em todas as edições do festival, esse ano convidará nomes da cena do trap e funk nacional para subirem ao palco que leva o seu nome.

Palco Rolê In Cena – domingo

O Rolê In Cena agita Porto Alegre durante todo o ano com previews do festival mais aguardado pelo público. Não à toa, um palco dedicado ao rolê que a galera gosta também chega ao festival com nomes de destaque da cena trap nacional.

Vila Olímpica

Skate In Cena, Basquete In Cena, Breaking In Cena, Boxe In Cena, Jiu-Jitsu In Cena, Batalha do Olimpo, Slam In Cena e Espaço MPV são as frentes que compõem a Vila Olímpica. A arena será construída pela primeira vez com o intuito de incentivar ainda mais a cultura hip hop e o esporte. Todas as atividades do espaço estarão acontecendo durante todo o Rap In Cena Budweiser, nos dias 28 e 29 de outubro.

Skate In Cena

Com curadoria da Alvo Cultural, o Skate In Cena promove um dos esportes que mais conversa com a cultura de rua. Durante os dias de festival, os skatistas – que se classificaram nas seletivas anteriores – participam das etapas do campeonato até chegarem às finais. Ao final de cada dia de Rap In Cena Budweiser. Os vencedores de cada dia ganham mil reais cada.

Basquete In Cena

Com curadoria do Dunk Park, o Basquete In Cena promove um outro esporte que também conversa com a cultura de rua. Para participar, o público do festival deve montar times que irão desafiar o time da Liga de Basquete Amador de Porto Alegre. Os jogos irão acontecer em uma quadra 3×3 que estará localizada na Vila Olímpica.

Breaking in Cena

Não é novidade que o breaking é um dos pilares do hip hop e, assim como nos demais anos, a modalidade está de volta. Com curadoria da Nest Panos, os b-boys e b-girls – que se classificaram durante as seletivas – terão a oportunidade de se apresentar em uma pista exclusiva. O campeão leva mil reais para casa!

Batalha do Olimpo

A mais conhecida batalha de rima de Porto Alegre, a Batalha do Olimpo recebe a Batalha da Aldeia, maior do Brasil para um espetáculo único. Com curadoria da A Dona da Roda Produções e apresentação de  Mariana Marmontel. Os MCs que participarão da Batalha do Olimpo nos dias de festival estão ainda sendo definidos através da seletiva do Rap In Cena na Orla. Em breve, a premiação para o campeão será divulgada.

Slam In Cena

Muitos artistas do rap nacional começaram no slam, em Porto Alegre, um grande exemplo é a gaúcha Cristal. Não à toa, o Rap In Cena Budweiser promove esse espaço poético dentro da Vila Olímpica. Com curadoria do Coletivo Poetas Vivos, o público poderá escrever e declamar seus versos.

Para o Slam In Cena, serão seis fases, sendo três no sábado e as outras três no domingo. Ao final das fases, todas as notas serão somadas e o competidor que obtiver maior pontuação se sagra campeão da edição. O júri será formado também por integrantes do Coletivo Poetas Vivos. Em breve, a premiação para o campeão será divulgada.

Jiu-Jitsu In Cena

Com a curadoria da escola Mario Sperry, as lutas de jiu-jitsu serão em formato de demonstração com alunos da própria academia. Serão 16 atletas por dia, sendo 16 crianças no sábado e 16 adultos no domingo.

Boxe In Cena

Com curadoria do técnico de boxe Paulo Cafuringa Petinga, o espaço irá propor atividades e lutas amistosas de boxe olímpico e kickboxing. Em breve, mais informações sobre a dinâmica serão divulgadas.

Espaço MVP

Auto-estima é um tema amplamente difundido pela cultura hip hop. De forma que ter um espaço para promover a auto-estima dentro do Rap In Cena Budweiser faz todo sentido. E assim surge o Espaço MVP, com curadoria da MVP Barber Club Nesta, que além de oferecer serviços de cabelo e barba, contará com uma área de games.

Economia, turismo e educação

Vale destacar ainda que o Rap In Cena Budweiser está gerando 1,5 empregos por dia de festival. O evento conta com equipes de promotores, segurança, bilheteria, bares, alimentação e limpeza. O que gera mais fôlego ao setor do entretenimento na capital gaúcha.

O turismo também ganha reforços, devido à movimentação de hotéis, shoppings, rodoviária, metrô e aeroporto. Já através do skate e do basquete, o Rap In Cena também incentiva a educação através do Rap In Cena Educa. Este ano, as escolas estaduais receberam intervenções artísticas sob o comando de Mari Marmontel e DJ Saulit.

Ingressos seguem à venda

Mais de 35 mil pessoas já garantiram sua presença no Rap In Cena Budweiser. E os ingressos seguem à venda pelo Sympla.

Os valores avulsos variam entre R$ 249,00 e R$ 909,00 conforme lote disponível e meia-entrada, sem taxas. Já os passaportes variam entre R$ 359,00 e R$ 1150,00 conforme lote disponível e meia-entrada, sem taxas. Enquanto o open bar, vai de R$ 909,00 (avulso) a R$ 1.419,00 (passaporte), conforme lote disponível, sem taxas, não havendo meia entrada para esta opção. Lembrando que para validar a meia-entrada, deve ser apresentado comprovante no dia do evento. O pagamento pode ser feito em até 12 vezes com juros no cartão de crédito ou via PIX.

Os lotes disponíveis são os seguintes: pista solidário e pista meia entrada estão no 5º lote (ingresso avulso). Passaporte pista, 5º lote. VIP avulso, 6º lote. Passaporte VIP está no 6º lote. Open bar avulso está no 4º lote. Open bar passaporte já no 6º lote.

Assim como no último ano, em que o Rap In Cena arrecadou 60 toneladas de alimentos, existe também a opção de ingresso solidário, que garante 40% de desconto aplicado sobre o lote disponível. Para validar essa modalidade, basta doar dois quilos de alimento não perecível no dia do evento.

Rap In Cena agora é Budweiser

O maior festival de cultura hip hop do Brasil, ganhou sobrenome. A parceria de longa data com a marca global de cerveja fez o Rap In Cena estreitar ainda mais o laço com a Budweiser, que nesta 9ª edição, assina o naming do evento. Dessa forma nasce o Rap In Cena Budweiser. A área premium open bar do evento contará também com a cerveja oficial do maior festival de cultura hip hop do Brasil.

“Estamos felizes em apresentar um dos maiores festivais de hip hop do Brasil. Budweiser é uma marca apaixonada por música, especialmente os estilos que fomentam a cultura brasileira, assim como grandes artistas nacionais e internacionais. A cena do rap e trap tem inspirado muitas pessoas e queremos fazer parte dessa história”, afirma Carolina Caracas Gargione, head de marketing de Budweiser.

SERVIÇO Rap In Cena Budweiser

Dias 28 e 29 de outubro

SÁBADO:

  • Palco World Budweiser: BK, Cristal, Deepkz, Djonga, Hungria, Kayblack, L7nnon, Major RD, MC Cabelinho, Orochi, Poze do Rodo, Veigh, Batalha da Aldeia vs. Batalha do Olimpo, LC Advanced, Samambaia, Coch e DJ Ninja, Bertoi.

  • Palco Bronx: Rafa Moreira, Cocoa Mami, Bivolt, Iza Sabino & Laura Sette, Deekapz, Zvnt, Turquesa, Neumann, Black Mobb, Mikaativa, Thane C, Lamar, Dessa Almeida, 2Ktherich, Keni Ygs, Antoni Lorenna, Sou Bandeira, Ybd Will, D’lock, Steici Lauser, Ogluan, Gt51, Ths Drop, Sandro Dubois, Floreanopolis, William Luis, Guhl, Tvlyssxn, Antonio X Xarao, Síganus, Jô, Emersxxn, Hustla, Elle P, Pajubando, Baddie Loma, Gau Beats, Vânia & Vanessa, Dalberth , Mari Gonçalves, Suelen Mesmo, Bart, Nanadaime e Casa Da Art.

  • Palco Baile do Saulit: Azzy, Bin, Borges, Caio Passos, Chefin, Hyperanhas, MC Davi, Oruam, Vulgo FK, Bossle, Cardoso, Vit Loppes, Lil Sete, Luan 11, Adr, DG, LT , Bitencourt, Marchese, Kessel, Dola, Ramos, Linni, Lesso, Tokio Dk,  Meno K, Brendon, VZ a Banca, Emerson Rodrigues, Padrinho, Usina do Beat, Marcão, Nando Leal e HotPlayers.

DOMINGO:

  • Palco World Budweiser: Da Guedes, Filipe Ret, MC Daniel, MC Hariel, MC Ryan SP, Marcelo D2 & Sain, Negra Jaque, Negra Li, PH Original, Primo Preto, TZ da Coronel, Racionais MC´s, WIU, Milk Shake, COCOA MAMI e Micha.

  • Palco Rap In Cena 90´s: NDeenaldinho, Thaíde, Pepeu, Afro-x, Revolução RS, Jacksom, Motel, Attack Frontal, Galo Cinzento, DJ Nezzo, GêPowers, Di PIA,  EDINHO DK, DJ LUISINHO, Branco RP3, Comando Preto, LaBellaMafia e as Anastácias Zhamp.

  • Palco Rolê Rap In Cena: Sidoka, Cynthia, Drika Barbosa, Yunk Vino, UCLÃ, Amabbi, Favela Vive convida ADL, Marechal e Menor do Chapa, Dom R, Magikaus + Yan + Valoski, Abu, Dropping, Loba Boss, Deelay, Loba Boss, Negra Jaque, Fred Angels, Guido Cnr, Deelay, Coch, Abu, MC, Abu, Clan De La Rua, Coletivo Alvo Cultural e Kalango.

Local: Parque Maurício Sirotsky Sobrinho (Parque Harmonia)

Realização: Olimpo Produções e Grupo Austral

Ingressos: Sympla

Sobre o Rap In Cena

Idealizada por Keni Martins e Guilherme Camerini, a marca Rap In Cena movimenta o hip hop no Rio Grande do Sul desde 2014. Neste nove anos de atividade, mais de 190 artistas foram contratados e um público superior a 97 mil pessoas passaram por 30 eventos realizados em 19 casas noturnas e espaços de shows do estado. Durante o período, também foram gerados cerca de 7,5 mil empregos, além da arrecadação de 100 toneladas de alimentos distribuídos para mais de cinquenta instituições gaúchas. A edição 2022 do Rap In Cena Festival ainda apresentou o Rap In Cena Educa, em parceria com a União Gaúcha dos Estudantes. Nomes como Rafa Rafuagi, responsável pelo Museu do Hip Hop de Porto Alegre e Mari Marmontel, integrante do Poetas Vivos, estiveram entre os convidados para  ativações que levaram oficina de poesia, pocket show e bate-papo sobre a cultura hip hop para vinte escolas públicas de Porto Alegre.

TEXTO: Carolina de Araujo Schubert – PORQUE ASSESORIA

Deixe seu comentário:

CONHEÇA

PUBLICIDADE

ATEL TELECOM
© Jeová Deus nosso único salvador!