Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

radiosaovivo.net
Fale conosco via Whatsapp: +55 75 988637010

Demissão concreta ou manobra eleitoral sobre o repórter Gil Leal de Paulo Afonso – BAHIA

NOSSOS APOIADORES CULTURAIS

radiosaovivo.netradiosaovivo.netradiosaovivo.net radiosaovivo.net

SEJA UM APOIADOR CULTURAL!

CONHEÇA!

Publicidade

radiosaovivo.net

Seliga, não é de hoje que o repórter Gildásio Leal está andando com político da turma do partido do ex prefeito Anilton Basto, e pagando de vereador mas do que repórter, na última filmagem que o mesmo aparece ele estar ao lado do vereador de nome Marcondes Daniel, fazendo cobranças sobre a empresa Embasa, querendo saber porque ela vem instalando suas tubulações no povoado Juá, o mesmo chega até chamar o secretario de agricultura de cuidador de bicho, afirmando que o mesmo sabe apenas cuidar de animal e não de pessoas, vamos lembrar também que  o ato em filmagem parece mais um comício do que reportagem,  vem infligindo a lei de proteção a pandemia do covid-19 que é firmado na cidade.

Mas podemos até admitir que ele  acertou em suas palavras, pois a gestão dessa cidade sempre andou de mal a pior, acreditamos que agora em 2020  apareça um que tire toda a população do buraco, como também vamos deixar claro que os mesmos vereadores que estão protestando o serviço da  empresa Embasa no povoado Juá, são os mesmos que assinaram a favor dos 80%  dano autoridade total da empresa trabalhar em toda cidade de Paulo Afonso – Bahia.

E refrescando a memoria  de toda população, o Povoado Juá por lei ainda pertence o município de Paulo Afonso, por mas que alguns não gostem  dessa taxa abusiva que vai ser cobrada, e que  já tem em vários bairros da cidade, a empresa já consta com todos os contratos legais assinados, e carimbados prontos para operação.

No começo da noite da terça feira 07 de abril, o repórter postou em sua rede social uma mensagem afirmando que o prefeito mandou que o gerente da rádio Bahia Nordeste, onde ele fazia seu trabalho de repórter o destituise de seu cargo. ( Sabemos que o prefeito Luiz de Deus pode alegar justa causa no pedido, pois querendo ou não o repórter Gildásio Leal cometeu o crime do Artigo 331 do Decreto Lei nº 2.848 de 07 de Dezembro de 1940″ ) , mas se o que ele falou em seu vídeo, que  é o prefeito dono da rádio, e o Jota Matos é apenas o gerente, há quatro anos o prefeito Luiz de Deus de Paulo Afonso Bahia  vem cometendo um grande crime na política que se encaixa na lei

Lei nº 8.666/93

AgRg nº Ag 597.529/PR, 2ª Turma.
DJ, 21 set. 2006 (contrato firmado com sociedade em que prefeito consta como sócio, moralidade)
Ementa

: Agravo regimental em agravo de instrumento –Administrativo – Violação de princípios

administrativos. Contrato celebrado entre Município e empresa particular, no qual o prefeito municipal consta como sócio. Merece subsistir o entendimento da Corte de origem, no sentido de que o contrato entre a Prefeitura Municipal e a empresa da qual o prefeito é sócio, está eivado de ilegalidade, seja em virtude da necessidade de prévia licitação, seja em decorrência da inequívoca afronta aos  princípios administrativos que sempre devem nortear o  administrador público, notadamente a moralidade e a impessoalidade administrativa. Não prospera o argumento no sentido de proibição ao enriquecimento ilícito, uma vez que não deve ser invocado por aquele que firmou contrato com a Administração Pública, em nítida afronta ao princípio da moralidade e constatada má-fé.

No mesmo sentido, confira-se: REsp nº 579.541, Rel. Min. José Delgado, DJ 19.4.2004.
O Tribunal a quo decidiu o feito de acordo com entendimento do Superior Tribunal de Justiça. 
Agravo regimental improvido.

Fora isso ele ainda afirmar o caso do vereador Jean Roubert, onde o mesmo deixar claro que o vereador tinha um cartel dentro da Câmara de Vereadores junto com sua família, e o prefeito mandou ele ficar calado sobre o assunto. Diante de tantas acusações, e afirmações onde o mesmo chega a dizer que vai mostrar a verdade, muitas coisas se  passam na mente de muitos da sociedade de Paulo Afonso, principalmente o pensamento se  isso não é apenas mais um circo dessa turma que nunca sai do comando da cidade, que é Luiz de Deus, Anilton Basto e Paulo de Deus,  que sempre que chega o ano eleitoral começam com essas briguinhas partidárias …

Mas pelo o carácter que  muitos afirmam  vindo do  Gildasio Leal, filho de um dos grande comunicadores da cidade,  o babado foi sério, e alguns ainda falaram que se  ele  sair como vereador   seria um nome legal para compor uma das cadeiras do prédio, que há anos é ocupado por gestores sem competência com possibilidade de ter um cartel dentro dele, e vamos lembrar que nesse 2020 esperamos que o povo faça uma mudança geral. A única coisa chata é que se ele sair como vereador, estará vindo  ao lado de um nome como prefeito que também não fez lá essas coisas por sua população, e cá pra nós, se esses gestores que não fizeram nada quando tiveram suas oportunidades, não será repetindo figurinha  que ele vai fazer  ou  levar pra frente sua sociedade que sempre deixou na mão. Afinal todos nós sabemos o velho e antigo ditado: “Figurinha repetida não completa álbum”.

Deixe seu comentário:

Equipe

Saiba Mais

Curta no social

Curta no Facebook