Pedido de Música

Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

BAHIA: PAULO AFONSO, UMA CIDADE QUE SE RECUPERA DA POLUIÇÃO SONORA. - SELIGANAMUSICA®

BAHIA: PAULO AFONSO, UMA CIDADE QUE SE RECUPERA DA POLUIÇÃO SONORA.

Já faz um tempo que a cidade de Paulo Afonso — BA tem problemas com poluição sonora em bares e em locais inapropriados para eventos, problema esse que tem ocorrido principalmente em bares devido aos seus donos pensarem que o seu bar é uma casa de show. Paulo Afonso sempre foi chamada de cidade sem lei, e hoje com a lei agindo percebemos que muitos se assustam. 

Desde o mês de março nossa rede SELIGANAMUSICA®  ficou sabendo de uma lei aplicada pelo ministério público para os bares da cidade, o mesmo proibiu apresentação de bandas, assim que interpretamos quando constatamos a solicitação da retirada dos instrumentos, bateria e a percussão. Ficou permitido apenas voz e violão, voz e violão essa que muitas vezes você consegue ouvir de uma longitude com mais de 100 metros, ficando fora do padrão sugerido pela lei de poluição sonora.

Chegou em nossa redação o video do Dr. Juliano Medeiros, infelizmente por falta de informações muitos o acusam de ser o pivô dessa lei aplicada pelo ministério público, mas sabemos que não, esse é um problema que a cidade já vem enfrentando há anos e que já resultou até em mortes.

No ano de 2022, antes dessa lei ser aplicada severamente, nós do SELIGANAMUSICA® presenciamos a visita da polícia militar em um dos nossos eventos com denúncia de poluição sonora. O evento que estava sendo realizado no parque Belvedere, um local aberto e longe de residências que mesmo assim não fugimos e nem burlamos a lei, graças a nossa produção e organização eles viram que estava tudo na lei de decibéis que são : em período diurno (7h às 19h): 70 dB; em período vespertino (19h às 22h): 60 dB; em período noturno (22h às 7h): 50 dB até às 23h59, e 45 dB a partir das 00h; às sextas-feiras, aos sábados e em vésperas de feriados, será admitido, até às 23h, o nível correspondente ao período vespertino.

Sabemos que é muito importante seguir a lei e assim percebemos que todos que hoje estão se sentindo injustiçados não estão pensando na lei, mas em seus próprios egos e consumos, afirmando ou se vitimizando, mal sabe eles que quem mais ganha com isso são os locais que burlam essa lei.

DIGA NÃO A POLUIÇÃO SONORA!

A poluição sonora em eventos pode ser um problema significativo, tanto para o meio ambiente quanto para a saúde humana. Altos níveis de ruídos podem causar danos permanentes à audição, além de contribuir para a fadiga, estresse e perturbar o sono. Além disso, a poluição sonora pode afetar a fauna local, interferindo em seus padrões de alimentação e reprodução.

Para evitar problemas de poluição sonora em um evento, é importante tomar medidas preventivas. Isso inclui a escolha de um local apropriado e a adoção de medidas de isolamento acústico para reduzir o som que escapa para áreas residenciais ou sensíveis. O uso de equipamentos de som adequados e o controle de volume também são essenciais.

Além disso, é importante respeitar os limites de decibéis estabelecidos pela legislação local, a fim de proteger a saúde pública e evitar multas ou outras penalidades. É responsabilidade do organizador do evento garantir que a poluição sonora seja minimizada e controlada adequadamente durante todo o evento.

Confira o video do Dr. Juliano Medeira na câmara de vereadores de Paulo Afonso, ao assistir o video ficamos muito triste em saber que o mesmo sofreu ameaças e seu nome está sendo difamado na cidade. Admitimos que antes de falar algo precisamos estudar o caso, hoje viemos aqui não apenas repudiar, mas afirmar que não compartilhamos dessas ideias grotescas e parabenizamos o ministério público, pois leis tem que ser cumpridas e não burladas. 

TEXTO: ASCOM/SLM

Deixe seu comentário:

CONHEÇA

PUBLICIDADE

ATEL TELECOM
© Jeová Deus nosso único salvador!